DESTAQUES

Laser infravermelho ajuda a combater gordura no fígado

Redação Vya Estelar 20/02/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Laser infravermelho ajuda a combater gordura no fígado
Fonte: - foto: Network on Visual Hunt – CC
Associado a exercícios físicos e melhor nutrição, procedimento é eficiente no combate à esteatose hepática não alcoólica

Da Redação

O uso de laser infravermelho, associado à prática de exercícios físicos e à educação nutricional, ajuda a reduzir o nível de esteatose hepática não alcoólica – acúmulo de gordura no fígado.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



A diminuição foi constatada por pesquisadores do Grupo de Óptica do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP durante estudo que envolveu 20 voluntários obesos do sexo masculino, com idades entre 20 e 40 anos.

O pós-doutorando em Biotecnologia do IFSC, Antonio Eduardo de Aquino Júnior, um dos autores do estudo, explica que, quando se ingere mais calorias do que se pode gastar, o corpo não as elimina, sendo então forçado a alojá-las dentro de células de gordura. No entanto, quando a capacidade de alojar essas calorias extras ultrapassa o limite celular, o corpo passa a estocar esse excesso de outra forma, para não desperdiçar energia. Todo esse acúmulo se concentra no fígado, em forma de triglicerídeos, proporcionando um fenômeno conhecido como citotoxicidade. Quando o órgão armazena muitos triglicerídeos, surge a esteatose hepática não alcoólica, complicação que pode gerar câncer.

Todos os voluntários participantes do estudo receberam informações nutricionais e a ingestão de bebidas foi evitada. Durante dois meses, três vezes por semana, dez voluntários realizaram uma hora de exercícios aeróbicos e resistidos (musculação) recebendo, em seguida, dez minutos de aplicação de luz instalada em quatro placas com 16 emissores de laser (cada), que foram colocadas sobra o abdômen, quadríceps, glúteos e bíceps, estimulando o gasto de energia acumulada. Outros dez voluntários não receberam a aplicação da terapia com luz.

“É uma forma não apenas de proteger o paciente contra a obesidade, mas também de impedir que em longo prazo ele possa ter câncer de fígado”, explica Aquino.

Entenda por que o uso de laser aliado à prática de exercícios reduz nível de gordura no fígado - clique aqui.

Em janeiro deste ano, um artigo referente à pesquisa foi publicado no Journal of Obesity & Weight Loss Therapy.

Mais informações: (16) 3373-9810 (ramal 242); e-mail antonioaquino@ifsc.usp.br




TAGS :

    estudo, usp, laser, gordura, fígado, enzimas

Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

As redes sociais te deixam mal? Já pensou em abandoná-las?








VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.