DESTAQUES

Sinto-me obrigado a viver com minha mulher por ela ser mãe de meu filho. O que faço?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 PSICOLOGIA

por Blenda de Oliveira

"Sou obrigado a viver com uma pessoa que não amo, sinto-me responsável, pois ela é a mãe de meu filho"

Resposta:
Entendo que a presença de filhos num casamento faça uma diferença para algumas sérias decisões como, por exemplo, separar-se. Entretanto, é importante considerar que apesar dos pais serem muito importantes para os filhos, nem sempre eles devem ser o motivo para manter um casamento.

Filhos preferem pais felizes e, saiba, eles percebem e não gostariam de carregar esse peso.

Você continuará sendo pai e poderá proporcionar à mãe de seu filho uma estrutura que a deixe numa boa situação. Por que tem que tomar conta dela?

A minha colocação é genérica, ja que não conheço as razões pelas quais se sente tão responsável e tampouco a visão dela.

Em todo caso, se tem certeza que não é a pessoa com quem quer estar, busque a psicoterapia para se fortalecer e entender as razões para sentir-se tão preso e sem saída.

Há muitas alternativas, precisa conhecer-se mais e dar a você a oportunidade de ir atrás do que considera melhor. Considere essa possibilidade, pois terminará desenvolvendo pela sua mulher sentimentos de irritação e raiva como se ela fosse culpada por você se sentir tão infeliz!

É difícil, mas é possível!

Boa sorte!

 

 

 

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Você toparia ter um relacionamento de “amizade com benefícios”? Tratam-se de amigos que se tornam parceiros sexuais sem deixar isso interferir na amizade; o termo vem da expressão 'friends with benefits'.





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.